06 dezembro 2009

Mentiroso

Eu estava cego ao acreditar que minhas lágrimas haviam parado de rolar por eu ser ininterruptamente feliz. Na verdade elas não apareciam por eu conseguir esconder e evitar meus sentimentos. Acostumei a viver com a dor. Por mais que às vezes perdesse todas as forças e me rendesse, elas haviam secado e apenas o interior latejava sem parar. Não que eu precisasse daquelas gotas estúpidas pra confirmar a minha tristeza. É que eu apenas queria não ser tão bom mentiroso comigo mesmo.

18 comentários:

  1. nossa, que profundo, haha, adorei, voce é muito bom!

    ResponderExcluir
  2. também não choro faz tempo, não consigo. entendo como é guardar tudo pra si :[ eu até tento forçar pra ver se me alivia um pouco, mas não consigo. tenho medo que um dia eu exploda e comece a chorar e gritar tipo novela rs.
    tá lindo, peter, queria saber escrever assim :)

    ResponderExcluir
  3. aiiiiiin Peteeer muito liiindo :)

    http://agarotadochapeu.blogspot.com/
    http://agarotadochapeu.blogspot.com/

    OLHAAAA POR FAVOOOOOR É PRA VOCEEEE, SERIOO FIZ COM MUITO CARINHO, MESMO QUE ESTEJA RUIIM FOI COM ESFORÇOO

    ResponderExcluir
  4. ain peter qe perfeito,
    'é melhor chorar por uma noite e expressar toda a angústia que sentimos, e isso nos levar a luz, do que mentir e se trancar no vazio da alma, que leva a destruição'

    beijos meu poeta.

    ResponderExcluir
  5. amo o jeito que voce escreve,
    parece que quando agente le sente oque voce sente, vê de um jeito diferente.a angustia das palavras faz com que o dom que voce tem seja ainda mais intenso. parabens, não to puxando o saco :)

    ResponderExcluir
  6. pra que mentir pra você mesmo? pra parecer forte pras outras pessoas?
    pode parecer meio critico e tal. só que eu não posso falar muito, também escondo a maior parte dos meus sentimentos, e quando eu perco as minhas forças, eu não consigo controlar o que eu digo ou o que eu faço.
    bom texto peter :)

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Muitas vezes agente se engana com os sentimentos falsos e idéias ridículas. Com ilusões que nós enventamos porque não queremos encarar a realidade!!!!
    Muitas vezes agente passa tanto tempo escondendo o que somos que perdemos nossa verdadeira exencia!!!!
    Tudo isso nos torna muito mais infelizes mas o encrivel é que temos a capacidade de fazer as outras pessoas rirem e se sentirem bem com nossa compania. Isso tudo por que ninguém nunca verá o que realmente se passa dentro da gente!!!!

    Bjkas

    ResponderExcluir
  9. 'Não que eu precisasse daquelas gotas estúpidas pra confirmar a minha tristeza.'
    é tãão lindo e, perfeito *--*

    =* @mariannagiroto

    ResponderExcluir
  10. marcante!
    é minha primeira vez por aqui, e eu tiive que seguir!
    tá uma passada no meu cantinho depois tá?
    bjs

    http://rebecarocha14.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. que lindo *O* eu sempre gamo nos seus textos ! melhor dizendo, poemas :D
    muito lindo esse , muito mesmo ♥

    ResponderExcluir
  12. gente, você é um escritor muito bom.
    Me faz sentir cada palavra qe leio, é angustiante. É muito bom !

    ResponderExcluir
  13. Mas ás vezes mentir pra si mesmo faz bem. Eu sei que isso soa totalmente contraditório à tudo o que ouvimos durante toda a nossa vida. Mas faz. Enquanto você não aceitar a tristeza, ela não vai passar. Mas, do mesmo jeito, ela não vai te derrubar. Ela não vai conseguir chegar até você, não vai conseguir transpor a barreira que você criou, e vai ficar tentando inutilmente atravessá-la. Eu sei que barrei a tristeza por anos - e eu nem tenho tantos anos assim pra dizer isso. E digo que foi algo como 5 anos. Um terço da minha vida, e isso poderia ter feito essa tristeza ficar forte o suficiente para me derrubar em segundos. Mas eu sei que fiquei mais forte durante esse tempo. E eu sei que quando eu me abri para essa tristeza, ela veio com toda sua força. E mal me afetou. Não me arrependo de ter fechado os olhos, porque quando eu abri, eles não demoraram a se acostumar tanto assim com a luz. E eu ainda vejo alguns resquícios que ficaram perdidos atrás da minha barreira. Mas eles são como uma névoazinha fraca, que tem forças apenas para existir. Eu tenho medo mesmo é de acontecer tudo de novo, e eu não conseguir criar a minha barreira. De eu me conhecer tão bem que eu não consiga mentir pra mim.

    ResponderExcluir
  14. ficou gigante, beijos. '-'
    mas tudo bem, eu li e tudo isso pulou na minha cabeça, er.
    Peter, só vou repetir que você escreve maravilhosamente bem uma vez, ok?
    xx

    ResponderExcluir
  15. '...Não que eu precisasse daquelas gotas estúpidas pra confirmar a minha tristeza. É que eu apenas queria não ser tão bom mentiroso comigo mesmo.'

    -
    Eu amei a maneira como você termina os seus textos.
    Incrivelmente perfeito.

    ResponderExcluir
  16. Noooossa seu blog é lindo *-*
    eu to te seguindo !
    Da uma olhada no meu http://wendycherry.blogspot.com
    sou nova ,mas meu blog ta legal (eu acho ) rs'
    se poder me dar uma forcinha la e se gostar me segui :D

    beijos

    ResponderExcluir